Profundidade e perspectiva

Talvez uma das questões mais antigas das artes visuais seja a da PROFUNDIDADE. O filósofo Merleau Ponty (1908-1961) refere-se à questão da profundidade como “unidade do problema” desde o Renascimento. O quadro é uma coisa plana, mas nos oferece, de forma artificiosa, sinais “diacríticos”, ou seja, que complementam ou modificam o valor ou sentido de…