Paranapiacaba: um manancial estratégico na Mata Atlântica

Por Sucena Shkrada Resk(texto e fotos)
A água brota da terra, de forma quase imperceptível e continuamente. É preciso fixar os olhos para perceber esse delicado processo natural. Na superfície, mais cursos hídricos seguem seu caminho, montanha abaixo, por uma rede de canais, circundada pela floresta remanescente de mata atlântica, verde e úmida, e cumpre seu papel de manancial. Em tempos de estiagem, que se prolonga há meses em várias regiões, no Estado de São Paulo, se deparar com a conservação desse potencial hídrico chama a atenção. As cenas em questão são flagradas no Parque Natural Municipal Nascentes de Paranapiacaba (nome em tupi-guarani, que significa ‘lugar de onde se vê o mar’), no município de Santo André (SP), um dos locais do Brasil com maior incidência pluviométrica.